Candidatos

Foi iniciada a 2ª edição do Programa UPskill, faça o seu pré-registo AQUI.

Como se processa o Programa

O Programa inicia-se com a identificação, por parte das empresas participantes, de quais as áreas tecnológicas e localizações em que pretendem criar vagas para contratação.

É essa a fase que está atualmente a decorrer.

Após este levantamento, serão publicadas as novas áreas formativas e aberto o processo de candidatura de formandos.

O setor das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) tem assumido um papel central no desenvolvimento das sociedades constituindo-se como o motor do movimento de transformação digital da sociedade e da economia. Portugal tem uma oportunidade única de se posicionar na vanguarda deste novo ciclo de desenvolvimento, se conseguir, como já fez no passado, estar na linha da frente na utilização do conhecimento.

É este o desafio que lhe lançamos: faça parte ativa deste momento, requalifique-se para trabalhar no setor das TIC.

Condições para a Candidatura dos formandos

Desde que possua no mínimo o 12º ano ou equivalente (ver condições específicas em cada ação de formação), qualquer candidato pode efetuar a sua inscrição, após o que serão realizados um conjunto de testes em ambiente “online”, seguidos de uma entrevista presencial para uma validação final (note que algumas perguntas dos testes podem ser repetidas na entrevista). Será igualmente realizada uma aferição do nível de Inglês (idioma que tem um papel preponderante na comunicação e no acesso a literatura técnica, deste setor de atividade).

Tratando-se de formação intensiva é pressuposto uma dedicação total, pois o formando terá não só uma componente teórica em aulas presenciais (salvo se as condições sanitárias não o recomendarem), como uma componente de estudo e prática complementar. Neste contexto o candidato deverá estar em situação de desemprego, no momento da candidatura (atestado por inscrição no IEFP) ou, se estiver a desenvolver atividade profissional, deverá assegurar a respetiva inscrição no IEFP até 8 dias antes do início da ação formativa para que tiver sido selecionado.

Quais as ações de formação da 2ª edição do Programa

Este processo está a decorrer e depende das necessidades identificadas pelas empresas. Oportunamente, até o arranque formal das candidaturas, em meados de setembro 2021, esta informação será aqui atualizada.

Descrição do processo de candidatura

Requisitos necessários para a candidatura ao Programa UPskill – Digital Skills & Jobs:

  • Vontade de aprender, não só concretizada pela frequência da formação ministrada no Programa, mas porque ela dará acesso a uma nova via profissional num setor de grande dinamismo e com uma evolução, que obriga a um esforço constante de atualização.
  • Possuir, pelo menos, o 12º ano completo (ver em cada ação se existem requisitos específicos).
  • Possuir conhecimentos de inglês que permitam ler e escrever nesse idioma (comprovados por testes de avaliação durante o processo de candidatura).
  • Facilidade na utilização de recursos informáticos, sendo desejável que possua acesso a um computador e à internet durante a frequência do Programa.

Como irá decorrer o processo de candidatura:

  • Numa primeira etapa do processo, o candidato deverá apresentar no portal do Programa a sua candidatura, fornecendo os necessários elementos de identificação e indicando as áreas de formação que considera ser as que mais lhe interessa frequentar.
  • Após a etapa anterior e desde que o candidato tenha fornecido a informação necessária e reúna as condições mínimas para frequentar o Programa, irá receber no e-mail de contato que indicou, um link para acesso ao portal onde realizará um conjunto de testes.
  • Tendo por base a avaliação efetuada no processo anteriormente descrito e a ordem aí estabelecida, os candidatos serão chamados para uma entrevista presencial.
  • Após o preenchimento das vagas do Programa, os candidatos não considerados serão informados, mantendo-se a candidatura ativa para as futuras edições do Programa.
  • No fim deste processo, e tendo como referência que o número de candidatos a admitir está diretamente dependente das necessidades apresentadas pelas Empresas, serão admitidos nas ações de formação os candidatos para as turmas disponibilizadas. A ordem de admissão é a que resultar da avaliação obtida pela metodologia referida nos pontos anteriores. Todos os candidatos serão informados do resultado do processo, via e-mail.